sexta-feira, 24 de julho de 2009

Colocação tubular novo.









Pefil tubular x clincher







Manutenção

Pneu: Tubular vs. Clincher

A maioria dos ciclistas amadores nunca usou um pneu tubular. Aliás, aqui no Brasil mesmo as equipes profissionais estruturadas em geral usam pneus clincher – constatei isso na versão 2007 da Volta do Estado de São Paulo. No entanto pouco a pouco os pneus tubulares estão entrando, principalmente nas mãos dos triatletas de elite e ciclistas amadores que viajam muito para fora.

Nas provas de ciclismo profissional internacional só se usa pneus tubulares. As equipes mais estruturadas envelhecem estes pneus cerca de 6 anos numa condição bem especial com luminosidade, umidade e temperatura controlada. Os modelos mais modernos não possuem mais a câmara de ar, e usa-se um líquido selante para evitar a perda de ar nos casos de furos.

Em termos de rendimento existem várias vantagens de se usar o pneu tubular. No entanto a manutenção é mais trabalhosa, e no caso de rasgo ou furo que necessite da troca de pneu a operação é mais complicada.

O pneu tubular é montado numa roda própria (a não ser os modelos tubular clincher da TUFO), e o investimento é razoável. Não existe nenhuma roda para pneu tubular barata. Normalmente os fabricantes oferecem as versões tubulares apenas nos modelos mais sofisticados. Roda tubular é um equipamento essencialmente de competição ou para ocasiões especiais, e se você experimentar provavelmente vai se apaixonar.


As vantagens do pneu tubular

Se você tiver condições de poder ter um conjunto de rodas e pneus tubulares será um ciclista chique, e poderá usufruir de uma série de vantagens:
1- A estrutura do aro da roda tubular é mais simples do que da versão clincher. Isso se deve principalmente ao fato do pneu tubular ser colado (com adesivo ou fita dupla face especial para esse fim) na base da roda em vez de encaixar numa canaleta (um pneu clincher inflado a 145 psi chega a exercer uma pressão de cerca de 3,5 toneladas nas paredes laterais da roda). Consequentemente ela consegue ser mais leve. O pneu tubular bom também é leve, então mesmo contando com cerca de 15 a 20ml de líquido selante acaba sendo mais leve do que o conjunto de pneu clincher com câmara de ar. No geral você consegue reduzir cerca de 200g a 300g de peso (ou até mais) pelo conjunto das duas rodas com os pneus.
2- O pneu tubular agüenta muito mais pressão (exatamente porque não força a parede lateral da roda), e normalmente se roda com 140 a 170psi de pressão (existem modelos que podem ser infladas acima de 200 psi). Isso faz com que ele role bem mais fácil do que pneus clincher.
3- O pneu tubular é mais macio do que clincher. Note que um pneu clincher inflado forma na sua secção transversal um desenho de ferradura. Se você aplicar uma pressão no meio da ferradura a resistência à deformação será maior do que uma pressão aplicada sobre uma parede de uma secção circular (tubular). Além do mais o pneu clincher juntamente com a câmara de ar acaba formando uma parede bem mais grossa do que o do pneu tubular. Isso torna o pneu tubular mais macio e confortável, e você pode inflar cerca de 50% a mais do que um clincher para sentir mais ou menos o mesmo conforto.
4- A estabilidade e a dirigibilidade de uma bike com pneu tubular é um pouco superior àquela com pneu clincher. Isso se deve a forma mais natural de deformação lateral. Então você ganha um pouco mais de segurança principalmente nas curvas rápidas.
5- Se a dirigibilidade e o conforto são superiores você pode usar uma pressão mais alta no pneu. Com isso você diminui o atrito de arrasto em relação ao piso, então a bike desliza melhor e com menos esforço.
6- O pneu tubular com selante praticamente não perde a pressão com furos pequenos (como os de fiapinhos de arame de aço da lona de pneu de caminhão), e consegue vedar até rasguinhos de cerca de 2mm. Nos furos maiores e nos cortes pode haver uma perda de pressão até o selante fazer o trabalho e estabilizar o pneu, mas normalmente dá para continuar rodando sem ter que re-inflar.
7- Como o pneu tubular está colado na roda normalmente é seguro rodar mesmo que o pneu esteja murcho. Obviamente o arrasto e a trepidação vão ser grandes, mas se tiver que continuar andando é bem mais seguro do que fazer o mesmo com clincher murcho.


As desvantagens do pneu tubular

Nem tudo é uma maravilha com pneu tubular. O manejo é mais trabalhoso, e se tiver problema pode se complicar:
1- O custo de instalar um conjunto tubular na sua bike é considerável. Provavelmente você vai gastar pelo menos R$ 2.000,00 num par de rodas. Esse universo não tem limite. A Lew Racing lançou um modelo hiper duper de produção limitada de 12 pares a US$ 15.000,00 e esgotou rapidinho. Os modelos bem chiques giram em torno de US$ 5.000,00 (o par), e os mais comuns entre US$ 1.500,00a US$2.500,00 (preços nos Estados Unidos). Os pneus também são mais caros do que a maioria dos clincher, e aqui no Brasil pode ser difícil encontrar os melhores modelos.
2- Eu disse que a estabilidade do pneu tubular é superior ao clincher, mas tomem cuidado com um ponto: estou me referindo a uma comparação de pneus inflados com a mesma pressão. Se você inflar um pneu acima de 160 psi esteja ciente de que a área de contato com o asfalto estará muito reduzida (na verdade cada pneu tem uma pressão ideal de acordo com o peso do ciclista). Tem que se tomar muito cuidado com areia nas curvas e piso molhado. A freada também pode ficar mais nervosa, pois fica mais fácil travar a roda traseira. Então treine um pouco a técnica de freada antes de jogar a pressão lá pra cima.
3- Pensar num selante que repara os furos soa uma beleza, mas se provocar um furo maior ou corte no pneu o líquido pode espirrar (spray) por algumas voltas antes de selar. E se isso acontecer pode ser que algumas partes do quadro da sua bike fique toda melecada, e se deixar endurecer é difícil limpar tudo.
4- Na hora de colar o pneu tem que tomar cuidado para deixar o mais alinhado possível, o que pode não ser muito fácil para uma pessoa sem prática.
5- Você precisa de uma boa bomba para inflar o pneu com pressão acima de 150 psi.
6- Se por algum azar o pneu vazar, a troca de pneu para uma pessoa não acostumada pode ser complicada.
7- Apesar do selante normalmente resolver a questão dos furos, a chance de estragar um pneu tubular rodando no asfalto sujo é consideravelmente maior do que utilizando clincher. Isso por que os tubulares normalmente têm paredes bastante finas, e podem sofrer danos por corte com relativa facilidade (muito cuidado com cacos de vidro).


O meio termo

Tubular Clincher da TUFO pode ser uma boa opção para pessoas que gostariam de rodar num tubular sem fazer investimento muito elevado. Este fabricante da República Checa produz pneu tubular que pode ser encaixado no aro clincher.

Evidentemente nesta opção você não aproveita a redução de peso da roda, mas no mais é basicamente um sistema tubular. Mesmo a pressão do pneu você não precisa seguir a limitação do fabricante do aro (normalmente entre120 a 140 psi), estes pneus não forçam as paredes laterais.

A retirada e a instalação do pneu caso tenha que trocar é bem simples e rápida. É bom treinar um pouco, mas dependendo da roda pode ser mais rápido que trocar a câmara de ar de um pneu clincher. O pneu possui duas linhas de sulcos onde encaixam as bordas da roda, então o alinhamento não será problema.

Talvez seja esta a melhor opção para quem quer experimentar rodar num tubular, antes de fazer um investimento elevado em rodas próprias.

A bomba

Você tem que ter uma bomba boa para inflar um pneu a mais de 150psi. Se for adquirir uma bomba para esse fim escolha um modelo de pé (não é portátil, tipo que trabalha apoiada no chão, e possui um medidor de pressão) e verifique algumas coisas muito importantes:

1- Algumas bombas de pé, normalmente as mais simples, foram basicamente fabricadas para encher pneus clincher. Estas em geral estão dimensionadas para máximo de pressão em torno de 120psi. Se você forçar uma desta categoria inflando pneu tubular pode ser que acabe quebrando a haste ou outra peça qualquer.
2- Verifique a qualidade da peça de conexão do bico. Se esta não for de boa qualidade possivelmente acabará escapando do bico quando a pressão estiver mais alta.
3- Para sair para estrada é bom estar munido de cartucho de CO2 caso tenha problemas. Se for levar bomba escolha um modelo parrudo (evite os modelos super compactos). Normalmente a pressão mínima recomendada de um pneu tubular é acima de 100psi.


A vida útil

A vida útil de um pneu tubular especificada pelos fabricantes é bastante elevada, sendo muito próxima ou até igual a dos pneu Clincher (pode chegar a 3000km). Mas fiquem cientes de que o asfalto do Brasil tende a ser mais sujo do que o que vemos nos países da Europa e Estados Unidos, e é bem possível que o pneu vai acabar sofrendo algum dano mecânico (corte, rasgo ou furo grande) antes de se desgastar completamente.


Um erro freqüente

Aqui no Brasil muitos mecânicos – e consequentemente oficinas – utilizam cola de sapateiro com solvente à base de derivados de petróleo para pneu tubular, e esse é um procedimento não recomendado para rodas de carbono. A fibra de carbono não deve entrar em contato com nenhum solvente derivado de petróleo (por isso não se deve limpar os quadros de carbono com querosene). Deve-se usar sempre um adesivo ou fita dupla-face próprio para esse fim.

O produto ideal para limpar o resíduo de cola das rodas é o Goof Off, pois é muito eficiente. Deve-se tomar um pouco de cuidado no manuseio desse produto, pois o solvente (Methyl-Ethyl-Ketone) é super volátil. Leia bem as instruções de uso e opere apenas em locais bem ventilados.


Macete para rodar bem

Independentemente de se estar usando adesivo ou fita dupla face, tome cuidado para não pressionar o pneu contra roda assim que instalar o pneu. Se você pressionar e acabar colando bem não vai mais conseguir alinhar-lo.

Primeiro infle o pneu apenas para deixá-lo armado (em torno de 10PSI ou pouco mais). Então monte a roda na bike e gire, idealmente utilizando bike stand, mas pode pendurar ou mesmo armar a bike de ponta-cabeça apoiando no selim e no guidão.

Fazendo isso e olhando o pneu de frente você vai poder observar os desvios que devem ser corrigidos. Depois de alinhado, basta encher bem o pneu para que este fique na posição.

Note que o alinhamento é muito importante para se ter uma rolagem suave e perfeita. Além do mais não tem sentido investir um bom dinheiro em rodas sofisticadas para andar com pneus desalinhados, pois vai acabar perdendo uma boa parte das vantagens do tubular.

Quando for rodar é normal que o pneu dê um “saltinho” na posição do bico. Essa irregularidade vai desaparecer em alguns kms. Não arrepie nas curvas logo de cara, pois a colagem do pneu pode não estar completa, e o adesivo pode não estar curado totalmente. Se você vai instalar pneu tubular para uma competição faça isso com antecedência, e rode um pouco antes de ir para a prova.


Curiosidade

Existe também pneu tubular para mountainbike. O seu uso é muito pouco comum. Mesmo a elite mundial de atletas profissionais em geral não empregam este tipo de pneu. O veterano suíço Thomas Frischknecht é um dos que tem utilizado pneu tubular em provas de MTB. Atualmente os pneu tubular de MTB são vendidos apenas em poucas lojas bem conceituadas da Europa e América do Norte, mas está começando a popularizar mesmo entre os amadores aficionados. Pelo menos a Vittoria e o TUFO oferecem pneu tubular de MTB no mercado.
Texto: Makoto Ishibe - Agosto de 2008

Cavendish vence mais uma...



Mark Cavendish fez história no Tour de France. Nesta sexta-feira, o inglês da equipe Columbia ganhou no sprint final a 19ª etapa da competição em 3h50min35s, sua quinta vitória este ano. Ele tornou-se o britânico com mais vitórias nos 106 anos da prova, nove.

A antepenúltima etapa da Volta da França aconteceu em um percurso de 195 km entre Bourgoin-Jallieu e Aubenas. Líder da classificação geral entre os velocistas, Thor Hushovd chegou em segundo e segue em primeiro, mas Cavendish se aproximou na pontuação.

O camisa amarela Alberto Contador estava no pelotão e manteve tranquilamente a liderança geral na somatória dos tempos, 77h06min18s. Houve apenas uma pequena alteração entre os primeiros colocados: o norte-americano Lance Armstrong foi o único que chegou no mesmo grupo dos velocistas. Graças a uma pequena quebra do pelotão na chegada, o heptacampeão do Tour ganhou 4s na classificação e diminuiu sua desvantagem em relação a Contador de 5min25s para 5min21s.

A penúltima etapa, que vai definir as principais colocações da Volta da França, acontece neste sábado. Serão 167km entre Montélimar e Mont-Ventoux. No caminho, os ciclistas enfrentarão cinco escaladas. A última subida é conhecida como "montanha da morte", pois foi o esforço necessário para escalar o Mont-Ventoux que provocou a morte do ciclista britânico Tom Simpson nos anos 60. A ESPN mostra ao vivo a partir das 9h30 (de Brasília).

Fonte: ESPN

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Tour de France 2009 Individual Time Trial

Alberto Contador vence 18 ª etapa e praticamente garante título do Tour

O espanhol Alberto Contador venceu a 18ª etapa do Tour de France nesta quinta-feira e ficou muito próximo do título da competição deste ano. O ciclista da Astana, dono da camisa amarela, deu um show no contrarrelógio individual com o tempo de 48min30s.
Leia mais:Lance Armstrong confirma mudança para a RadioShack em 2010
O percurso de 40,5 km em volta do Lago de Annecy - França - uma das paisagens mais bonitas do trajeto, vinha sendo liderado pelo suíço Fabian Cancellara, da equipe Saxo Bank, até os instantes finais.No último trecho da prova, entretanto, o líder do Tour mostrou muita força e explosão para superar a vantagem do adversário em três segundos e colocar mais tempo em cima do segundo colocado da classificação geral, o luxembuguês Andy Schleck, da Saxo Bank.
Agora Contador está 4min11s à frente do rival, que terminou a última etapa em 50min15s, com o 21° melhor desempenho. O norte-americano Lance Armstrong, companheiro e ao mesmo tempo rival do espanhol na Astana, foi o 16° mais rápido e fez o trecho em 50min. O heptacampeão do Tour subiu na classificação geral e recuperou a terceira posição, a 5min25s da ponta.
Faltando três etapas para o fim do Tour, o título parece decidido em favor de Contador. No entanto, a briga pelos outros dois lugares no pódio promete ser sensacional: a diferença entre o segundo e o sexto colocados é inferior a dois minutos.
A antepenúltima etapa da Volta da França acontece nesta sexta-feira, em um percurso de 195 km entre Bourgoin-Jallieu e Aubenas. O trecho tem três metas de montanha, sendo que a última escalada, o Col de l'Escrinet, é a uma subida de categoria 2 que levará os ciclistas a 787 metros de altitude. A ESPN transmite ao vivo a partir das 10h30.

Mais uma do Charles - Lei Seca

O Bêbado

Fui a uma festa de despedida de solteiro em uma chácara aqui perto, do meu amigo. A galera toda lá. Muita cerveja, uísque, vinho. A noite prometia. Muitas gatinhas. Galera animada.
Saí de lá nem sei que horas. Travado! Indo pela rodovia, avistei algo que se tornou o terror dos festeiros...
Uma blitz!!!
Comecei a rezar para tudo quanto era santo. Mas... fui sorteado. Quando parei, quase atropelei o guarda. Tava ruim. O guarda pediu para eu descer do carro. Quase não consegui.
Aí o pesadelo aumentou. Ouvi o que qualquer bêbado teme:
- Vamos fazer o teste do bafômetro !
Tô frito! Pensei. Quando, ao que parece, os santos resolveram me atender. Um caminhão bate na outra pista e espalha toda a sua carga... Os guardas imediatamente me dizem:
- Vá embora, vamos socorrer aquele acidente!!!
Eu, mais que depressa (ou pelo menos tentando), entrei no carro e fui embora.
Feliz da vida. Hoje é meu dia de sorte, pensei. Cheguei em casa, guardei o carro e, após agradecer aos santos pelo meu dia de sorte, fui dormir.
Tava feliz.
No outro dia, minha mãe me acorda às 7 da manhã me perguntando:
- Filho, de quem é aquela viatura da polícia estacionada dentro da nossa garagem?

Ótimo fim de semana , mas lembre:

SE BEBER NÃO DIRIJA

quarta-feira, 22 de julho de 2009

13º GRANDE PRÊMIO SÃO JOSÉ DOS CAMPOS DE CICLISMO

5ª ETAPA CAMPEONATO VALEPARAIBANO DE CICLISMO 2009

PROVA VÁLIDA PARA O RANKING NACIONAL NAS
CATEGORIAS MEL / FEL / MJR / JUV


APRESENTAÇÃO: 02/08/2009


A LÍDER - LIGA DE DESPORTOS DE RENDIMENTO E DE BASE DA CAPITAL VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE, CLUBE DE CICLISMO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS e a PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, através da SECRETARIA DE ESPORTES, realizarão no próximo dia 02/08/2009, A 5ª ETAPA DO CAMPEONATO VALEPARAIBANO DE CICLISMO 2009, ETAPA VALIDA PELO RANKING BRASILEIRO.

LOCAL : AV.: TEOTÔNIO VILELA EM FRENTE AO PAÇO MUNICIPAL - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

- Circuito da Elite Masculino 23 km aproximadamente percorrendo as principais avenidas da cidade.

CATEGORIAS OFICIAIS PARA TEMPORADA 2009

Pró Elite 19 anos e a (Com autorização da CBC, FPC e/ou LVC)

Feminino Elite 19 anos e acima (Nascidas até o ano de 1990)

Feminino Júnior 17 e 18 anos (nascidos no ano de 1991 a 1992)

Fraldinha – Masc/Fem 06 anos e abaixo (Nascidos a partir do ano de 2003)

Dente de Leite – Masc/Fem 07 a 08 anos (Nascidos no ano de 2001 a 2002)

Mirim - Masc/Fem 09 a 10 anos (Nascidos no ano de 1999 a 2000)

Infantil – Masc/Fem 11 a 12 anos (Nascidos no ano de 1997 e 1998)

Infanto-Juvenil – Masc/Fem 13 e 14 anos (Nascidos no ano de 1995 a 1996)

Juvenil – Masc/Fem 15 e 16 anos (Nascidos no ano de 1993 a 1994)

Júnior 17 e 18 anos (Nascidos no ano de 1991 a 1992)

Sub-30 19 a 29 anos (Nascidos no ano de 1980 a 1990)

Sênior A 30 a 39 anos (Nascidos no ano de 1979 a 1970)

Sênior B 40 a 49 anos (Nascidos no ano de 1969 a 1960)

Máster A 50 a 59 anos (Nascidos no ano de 1959 a 1950)

Máster B 60 a 69 anos (Nascidos no ano de 1949 a 1940)

Máster C 70 anos e acima (Nascidos até o ano de 1939)

MTB Elite 15 anos e acima (Nascidos até o ano de 1994)

MTB Feminino Categoria única

Estreantes (Só para ciclistas que se iniciam no ano de 2009 e critério técnico)

PARAOLIMPICO

ATLETAS: INSCRIÇÃO ANTECIPADA COM DEPOSITO IDENTIFICADO R$ 20,00 (quinze reais) + 01 Kg de alimento não perecível, (ARROZ, FEIJÃO ou ÓLEO), até o dia 30/07/2009 e no dia da prova a inscrição terá taxa de R$ 25,00 (reais reais) + 01 Kg de alimento não perecível , isto para todas as categorias. Com exceção das categorias, FRALDINHA, DENTE DE LEITE, que não pagarão taxa de inscrição, só deverão fazer a doação de alimento, o atleta que não trouxer o alimento pagará uma taxa de R$ 5,00 a mais pela falta do mesmo.

OBS: SÓ ACEITAREMOS OS ALIMENTOS CITADOS ACIMA.

ATENÇÃO

NÃO SERÃO ACEITOS PAGAMENTOS DE TAXAS DE INSCRIÇÕES POSTERIORMENTE

PORTANTO A EQUIPE OU ATLETA DEVERA PAGAR OU DEIXAR UM CHEQUE CAUÇÃO DA TAVA DE INSCRIÇÃO. O MESMO SERÁ DEPOSITADO ATÉ NO MAXIMO SEXTA FEIRA DA PRÓXIMA ETAPA.

DEPOSITO BANCÁRIO IDENTIFICADO BCO. DO BRASIL – AG. 3443-6 / CONTA CORRENTE: 11995-4 – FAVORECIDO: LIDER - Liga de Desporto de Rendimento e de Base da Capital Vale do Paraiba e Litoral Norte - ENVIE SEUS DADOS E COMPROVANTE DE DEPÓSITO VIA FAX, (12) 3949-2886 / 81420856, OU VIA E-mail soniabege@yahoo.com.br

ATENÇÃO

OBRIGATÓRIA APRESENTAÇÃO DO COMPROVANTE BANCÁRIO

PREMIAÇÃO:

TODAS AS CATEGORIAS SERÃO PREMIADAS COM MEDALHÕES PERSONALIZADOS DE 1º. à 5º. COLOCADOS.

PROGRAMAÇÃO:

02/08/2009 – DOMINGO8

O INICIO DA PREMIAÇÃO DOS ATLETAS SERÃO 30 minutos APÓS O TÉRMINO DA BATERIA.

ORDEM DE LARGADA:

- 1ª. Bateria, horário previsto de largada às 8h00.:
FRALDINHA M/F 1/2 VOLTA DENTE DE LEITE M/F 1/2 VOLTA
MIRIN M/F 1 VOLTA INFANTIL M/F 2 VOLTAS

- 2ª. Bateria, horário previsto de largada às 8h30.:
JUVENIL M/F 45 MIN. FEMININO JUNIOR 45 MIN.
PARAOLIMPICO 30 MIN. INFANTO JUVENIL M/F 30 MIN.

- 4ª. Bateria, horário previsto de largada às 9h20.:
ELITE MASCULINO 100 KM

- 4ª. Bateria, horário previsto de largada às 9h30.:
JUNIOR 01H10 MIN. FEMININO ELITE 01H20 MIN.

- 3ª. Bateria, horário previsto de largada às 11h30.: APROXIMADAMENTE
SÊNIOR B 01H20M MASTER B 55 MIN.
ESTREANTES 30M MASTER C 55 MIN.
MTB FEMININO 30M

- 5ª. Bateria, horário previsto de largada às 13h00: APROXIMADAMENTE
SUB 30 01H30M MASTER A 01H10M
SÊNIOR A 01H30M MTB ELITE 45M

{[AFERIÇÃO OBRIGATÓRIA:

JUNIOR MASC./FEM.: 7,93m;

JUVENIL MASC./FEM.: 7,03m;

INFANTO-JUVENIL MASC./FEM.: 6,22m;

INFANTIL MASC./FEM.: 6,14m;

MIRIM MASC./FEM.: 6,14m;

DENTE DE LEITE MASC./FEM.: 6,14m;

FRALDINHA MASC./FEM.: 6,14m;

Observações:

1- A aferição é obrigatória antes do inicio da prova , sob responsabilidade do técnico ou responsável pela equipe e após o término da prova , sob responsabilidade dos comissários da Federação Paulista de Ciclismo E LIGA vALEPARAIBANA DE CICLISMO.
2- O ciclista que apresentar sua bicicleta fora das especificações exigida será desclassificado da prova não cabendo recurso junto a comissão de árbitros

PARTICIPAÇÃO:

Aberto para todos os Atletas e Equipes de todo o País, que estejam filiados as entidades representativas da modalidade as categorias Elite masculino e Elite Feminino só participaram atletas confederados com a apresentação da licença da CBC, atletas avulsos poderão estar se filiando. Equipe ou Clubes da região só poderão participar oficialmente se estiverem inscritos na LIGA Nosso ideal é mostrar o CICLISMO como opção para parceiros/patrocinadores.

RESPONSABILIDADES:

A LÍDER - LIGA DE DESPORTOS DE RENDIMENTO E DE BASE DA CAPITAL VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE, Organizadores e Patrocinadores se eximem de quaisquer RESPONSABILIDADES quanto a eventuais danos á competidores e/ou assistentes oriundos da realização da prova. Todo ATLETA deverá usar o capacete, enquanto estiver no aquecimento e na competição, se o mesmo for pego sem o capacete aquecendo, ou no vácuo de outra categoria, será desclassificado da prova do dia, se persistir será suspenso de provas futuras.

INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE O EVENTO:

- LÍDER - LIGA DE DESPORTOS DE RENDIMENTO E DE BASE DA CAPITAL VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

das 09:00 às 12:00 / 13:30 às 17:00h. Fone/Fax:(12) 32092886 E (12) 8142-0856 c/ SÔNIA.

www.lvciclismo.com.br e www.clubedeciclismosjc.com.br

5. Giro Memorial

Claudião essa é pra vc - "Capacete salvou a vida de Voigt", diz médico


Depois do grave acidente sofrido durante a 16ª etapa da Volta da França, o ciclista alemão Jens Voigt segue internado em observação em um hospital da região de Grenoble. Exames constataram a fratura do molar direito e um leve traumatismo craniano.

"O capacete salvou a vida dele", disse Xavier Roy, um dos médicos do Tour de France. Voigt estava a quase 80 km/h quando perdeu o controle da bicicleta na descida depois da última meta de montanha de ontem. A queda foi tão rápida que o ciclista alemão não conseguiu usar tirar as mãos do guidão para se proteger do tombo. O impacto foi diretamente no ombro e no rosto e a velocidade fez com que Voigt tivesse seu corpo arrastado por alguns metros. O atleta chegou a perder a consciência e por pouco não foi atropelado por uma moto que levava um fotógrafo.

"Tive sorte de não ter me machucado ainda mais", declarou o alemão, de 37 anos. Com seu abandono, a equipe Saxo Bank dos irmãos Andy e Frank Schleck está reduzida a apenas sete atletas, dos nove iniciais. Kurt-Asle Arvesen, atual campeão norueguês do ciclismo de estrada, também já havia se retirado da Volta. Os desfalques complicam um pouco mais a vida do time na batalha contra a Astana, que tem Alberto Contador e Lance Armstrong nas duas primeiras posições na tabela de classificação.

fonte: ESPN

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Uniforme - Definição.

Team Allez,

Fim do prazo para alterar numeração de uniforme. Todos receberão o mesmo número do uniforme branco.

[]'s

sábado, 18 de julho de 2009

Uniforme - URGENTE



Team Allez,

Enquanto meus ferimentos teimam em não sarar,aproveito estas três semanas longe de minha bike para finalizar nosso novo uniforme. Peço a todos que me confirmem a numeração de seus uniformes, ou se não ficaram contentes com o número atual, informem para qual gostariam de mudar.

Finalizarei tudo na segunda-feira, pois na terça já entrarão em produção.

Quem não confirmar até segunda-feira, receberá a mesma numeração anterior.

Rodrigo, peço que conduza com o pessoal daí.

A novidade é a camiseta que faremos do time.

Confirmem aqui no Blog ou mande um e-mail para mim (gutowind@hotmail.com)

Abraço a todos,

Guto

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Enviada pelo Charles....rsss

Um coala estava sentado numa seringueira, curtindo um baseado..... ..
Uma lagartixa passava e, olhando para cima, disse:
"E aêêê Coala...tudo belê? O que tá fazendo?"
O coala disse: ´Queimando um . Sobe aê.
A lagartixa subiu na seringueira e sentou-se ao lado do coala, curtindo alguns baseados.
Após algum tempo, a lagartixa disse: Pô cara, minha boca tá seca,vou tomar água no rio.....
A lagartixa meio desorientada, se inclinou muito e caiu no rio.
Um jacaré a viu cair e nadou até ela, ajudando-a a subir na margem.
Depois ele perguntou: Qual é a sua, lagartixa? O que aconteceu? Quer morrer?
A lagartixa explicou que ela estava curtindo um baseado com o coala numa seringueira,
ficou zuadinha e caiu no rio enquanto tomava água.
O jacaré, querendo verificar esta história, entrou na floresta e,
encontrou o coala sentado num galho, chapadão.
O jacaré olhou para cima e disse:
"Ei! Você aí em cima!"
O coala olhou para baixo e disse:

PUTA-QUE-PARIU, lagartixa, tu bebeu água pá carai véééi!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

video










Continuação...





Continuação...





Continuação





Fotos Volta Ciclistica 9 de Julho





Thor Hushovd The Winner Tour de France 2009 Stage 6

quarta-feira, 8 de julho de 2009

VAMOS COM TUDO !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Team Allez,

Chegou a hora....depois de um ano esperando este momento, finalmente ele chegou.
Infelizmente eu e o Reinaldo não conseguimos nos recuperar a tempo e estamos fora.

Pensei que conseguiria correr, minha bike voltou zerada da oficina, mas os ferimentos estão doendo, repuxando e ardendo muito, sem contar que minha mão ainda está inchada e muito machucada. Soube pelo Carlinhos que o Rodrigo ainda sente muitas dores na mão e vai correr mesmo assim.

Não consigo esconder minha frustração depois de quase três meses de treino diário, mas tudo bem, já estou com a cabeça na Granfondo e na VO2 em novembro.

Estarei lá amanhã torcendo por vocês e aproveitarei para tirar muitas fotos para o Blog.

VAMOS COM TUDO!!!!

P.S: Sem balada hoje e muitas horas de sono, afinal estarão correndo pelo Reinaldo e por mim também...rssss

Boa sorte a todos,

Prova 9 de Julho de ciclismo chega à sua 66ª edição nesta quinta-feira

Criada em 1933 pelo jornalista Cásper Líbero para homenagear os combatentes da Revolução Constitucionalista do ano anterior, a Prova Ciclística 9 de Julho terá sua 66ª edição realizada nesta quinta-feira, no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP). As disputas começam às 09h45 (horário de Brasília) e só terminam no final da tarde.

Considerada a competição mais tradicional e importante da modalidade no Brasil, a 9 de Julho deve contar com cerca de mil competidores, que darão um aspecto diferente ao cenário no qual os carros e motores normalmente são as grandes estrelas.

A disputa principal será a da Elite masculina, que faz a gana dos competidores aumentar graças aos pontos distribuídos para o ranking da União Ciclística Internacional (UCI). E os brasileiros têm um motivo a mais para tentar subir ao pódio, já que no ano passado o cubano Michel Fernandez Garcia acabou com uma série de quatro vitórias seguidas dos donos da casa.

Desertor da delegação caribenha durante a disputa dos Jogos Pan-americanos de 2007, Fernandez acredita ter chances de conquistar o bi. "Estou bem preparado e pronto para fazer um bom papel", afirmou o atleta, que curiosamente não abdicou se sua nação por razões políticas, mas sim por conta de um amor, que acabou não dando certo.

"Quando você abandona uma delegação, o governo fecha a sua entrada no país como uma forma de castigo", lamenta o competidor, já totalmente adaptado ao Brasil. Em 2008, ele garantiu a taça graças a um sensacional sprint nos metros finais, deixando para trás os brasileiros Bruno Tabanez e Jean Coloca.

E é justamente este momento decisivo que preocupa o atual campeão. "A vontade é repetir o resultado do ano passado, mas tudo vai depender do momento, pois no sprint pode dar qualquer um", explicou.

Além de Tabanez e Coloca, respectivamente primeiro e nono colocado no ranking brasileiros, outros atletas top 10 do país candidatam-se ao título, caso de Alex Arseno, Alcides Vieira, Cleberson Weber, Geraldo Sousa Santos, Raul Cançado Junior, Maurício Morandi, Ricardo Ortiz e Walter Ribeiro Junior. Ciclistas da Argentina, Uruguai e Chile também prometem dar trabalho.

Entre as mulheres, a vencedora de 2008, Camila Coelho, é mais uma que deseja lutar pela segunda conquista seguida. "Estou me sentindo muito bem e espero brigar pelo bicampeonato", destacou a atleta que competia por São Caetano do Sul ano passado e agora está no time de Santos.

"Na oportunidade, a equipe tinha eu e a Natália, que foi vice-campeã. Hoje, corro com mais quatro companheiras, o que é muito importante. O trabalho de equipe será fundamental para vencer a prova", declarou Camila, referindo-se às companheiras Aline Paroliz, Maira Hendi, Maria Luzia e Sonia Regina.

Ela aponta duas atletas da equipe de São José dos Campos, Luciene da Silva e Natália Lima, como favoritas. Mas dá um aviso: "Não tem como prever antes o que vai acontecer. Temos que esperar o andamento da prova para definir a melhor estratégia. Além de estar muito bem fisicamente, a atleta tem que correr também com a cabeça", resumiu.

Confira a programação da 66ª edição da 9 de Julho:

09h45: Elite Feminino/Open Sênior masculino (5 voltas)
11h00: Elite masculino (20 voltas)
13h00: Open Speed (8 voltas) e Open Master/Junior masculino (5 voltas)
14h15: Speed masculino (5 voltas) e MTB masculino
15h15: Passeio (de 45 a 60 minutos)

Esse vídeo vale a pena...Tour de France 2009 - Stage 5

terça-feira, 7 de julho de 2009

Mais uma pérola...rsss

"...Guto espere seu ferimento cicatrassar..."

Dicas de etiqueta no pelotão

Para andar junto com o bolo, é importante saber como se comportar dentro dele para minimizar os riscos e aumentar a diversão. Confira algumas regras:

• Sempre fique atento ao que ocorre na frente do pelotão
Olhe primeiro, mova-se depois. Qualquer movimento não calculado pode causar acidentes
Seja previsível. Assim, os outros ciclistas do pelotão saberão o que você está fazendo
• Esteja preparado para o inesperado
Na hora da ultrapassagem, vá pela esquerda, mantendo uma distância lateral segura. Não se esqueça de olhar os ciclistas da frente para ter uma noção da força com que se deve pedalar
• Você pode aproveitar o vácuo sem colar na roda do ciclista da frente. Dessa forma, é possível evitar um engavetamento
• Evite colar na roda de ciclistas iniciantes, dê preferência aos mais experientes
• Respeite o ritmo do grupo
Evite freadas
• Ajuste sua velocidade com mudança na cadência da pedalada em vez de frear
• Se precisar parar, avise em voz alta e saia pela direita, sem se esquecer de olhar antes de virar
• Hidratar-se e alimentar-se dentro do pelotão só é seguro se você conseguir manter total controle sobre a bike. Para fazer isso de forma mais segura, vá para o fundo
• Caso você utilize clipes em sua bike, não segura neles dentro do pelotão, pois seu controle e estabilidade ficam reduzidos, o acesso ao freio é mais difícil e qualquer perda de controle pode implicar em uma queda
Na hora de assoar o nariz ou cuspir , mova-se para a rabeira do pelotão ou vá para algum lugar do pelotão protegido do vento
• Aproveite o pelotão para conversar, fazer amigos e se divertir. Se até nas grandes voltas os ciclistas conversam, por que você também não pode?

Prova reúne a elite do ciclismo brasileiro nesta quinta

O melhor do ciclismo nacional estará presente na 66ª edição da Prova Ciclística Internacional 9 de Julho, programada para esta quinta-feira, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Encerradas as inscrições, o evento contará com os principais ciclistas e equipes do país na atualidade, prometendo uma competição acirrada em todas as categorias.

Na disputa da Elite masculina, que vale pontos pela União Ciclística Internacional (UCI), estão confirmados os top ten do ranking nacional, enquanto no feminino as nove mais bem colocadas estarão na briga pela vitória. Além disso, haverá a participação de atletas da Argentina, Uruguai e Chile.

Estão programadas provas em nove categorias e a organização espera reunir cerca de 1000 ciclistas para uma das provas mais tradicionais da América Latina.

No masculino, que tem como atual vencedor o cubano Michel Fernandes Garcia, os destaques confirmados são o líder do ranking verde-amarelo Bruno Tabanez, além de Alex Arseno, Alcides Vieira, Cleberson Weber, Geraldo Sousa Santos, Raul Cançado Junior, Maurício Morandi, Ricardo Ortiz, Jean Coloca e Walter Ribeiro Junior.

Na elite feminino o nível também será forte. Líder do ranking do país, Aline Paroliz puxa a fila de atrações que conta ainda com Luciene da Silva, com a atual campeã Camila Coelho, com Sumaia Ribeiro, Natália Lima, Fernanda Souza, Cristiane Pereira da Silva, Janildes Fernandes Silva e Valquíria Pardeal.

Tour de France 2009 - Stage 4 - Final 6 Kilometers Astana (Lance Armstrong, Alberto Contador)

O nosso tombo foi mais bonito...rsss

Tour de France 2009 - Stage 3 - Final kilometers and sprint

domingo, 5 de julho de 2009

Tour de France 2009 - Stage 2 - Final kilometers and sprint







Ele é perigoso ou não é?












Galera,
Brincadeiras a parte, nosso treino de hoje foi macabro.
Duas fortes quedas deixando bem "estragados" o Guto, Claudio e Reinaldo.
Para quem estava pensando em chegar bem para a "9 de julho", estou correndo o risco de não conseguir correr.
Vamos que vamos... para quem rasgou o uniforme, tenho algumas peças.
[]'s